Doença do Carrapato – Umas das maiores doença, abordadas na rotina em clínicas veterinárias

A Erliquiose, também conhecida como doença do carrapato, é indubitavelmente uma das principais doenças infectocontagiosas entre os cães, sendo que a mesma é proveniente de um hemoparasita.

A transmissão é através do carrapato canino marrom e que logo após a picada, o período de incubação varia de 7 a 21 dias. Além disso, dependendo do estágio da doença em que se encontram, os cães infectados podem desenvolver sintomas brandos a intensos sendo que esses podem ser: febre, perda de apetite, dispnéia, manchas avermelhadas na pele (petéquias e equimose), sinais neurológicos (convulsões, incoordenação), sinais oftálmicos (uveíte) e a poliartrite, mas, em contrapartida, podem também não apresentar sinais.

Comumente o diagnóstico clínico não é autossuficiente para a confirmação da doença, logo, é necessário realizar exames complementares, tais como: hemograma, ultrassom, bioquímico, teste rápido e PCR.

Portanto, é de suma importância a prevenção da doença, uma vez que a mesma pode ser fatal. Logo, a melhor maneira de erradicar a doença é através de medicamentos e desinfecção do ambiente, pois esses ectoparasitas se proliferam no ambiente, fazendo do animal apenas uma fonte de alimento.

Dra Daiane Terezan CRMV/PR 15578
Dra Mariane Terezan CRMV/PR 19387

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *