Nossa vida com Kiwi

No ano passado meu filho Antonio que é autista, começou a participar de um grupo com outros autistas adolescentes e adultos que era mediado por professores da Uem que também tinham filhos autistas, se encontravam pela rede social todas as semanas.

Em uma das reuniões uma professora falou que tinha um conhecido que doava Calopsitas para pessoas que iriam se beneficiar terapeuticamente, e ofereceu para meu filho, nunca havíamos tido nenhum animal por medo de como seria o relacionamento, até porque ele sempre teve muito medo, para mim a proposta soou positivamente e eu falei de imediato, você aceitou né? E em menos de um mês ela estava em casa, nunca imaginei tanto amor e como isso mudaria as nossas vidas, para ele é a paixão, ele se derrete para ela mesmo ela tendo a preferencia pelo pai, somos coadjuvantes na história, mas ela fica solta o tempo todo, e a rotina mudou para ela, dorme no nosso quarto e quando solta um pio diferente todo mudo corre para ver o que aconteceu, impossível imaginar nossa vida sem a Kiwi ou a Bebê ou Jow Jow, pois todos se acharam no direito de batizar cada um com um nome, e incrível como um ser minúsculo pode demonstrar tamanho afeto, ela sente a nossa falta, agora até para viajar ela já tem lugar garantido, para o Antonio foi maravilhoso conhecer uma forma de amor diferente tem sido maravilhoso na vida dele, mas com certeza para todos e muito bom ter ela por perto todos os dias.

Antonio.augusto95

Legalmente.autista

Lilianferreira11882

(44) 988250728

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *