Ong Amaar destaca a importância do carinho e amor

Em 15 anos de história, associação tem ajudado muitos pets a terem uma vida melhor

De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, o verbo amar significa demonstrar afeto e carinho a pessoas e animais ao redor em que vive. Como o próprio nome diz, a ong Amaar, Associação Maringaense de Animais Resgatados, há 15 anos tem feito deste gesto o principal lema.

A voluntária Bruder Vituri, explica que a paixão pelos animais vem desde cedo. “Gosto muito, sempre tive cães e cavalos e depois que entrei para a ong como voluntária a paixão só aumentou”,

A ong Amaar tem em torno de 50 animais entre cães e gatos, Bruna ressalta que para exercer a tarefa é preciso ter muito amor e entender que são vidas e que precisam de cuidado. “Sempre que resgatamos, damos todo o suporte necessário veterinário ao animal, se ele necessita de uma consulta mais detalhada encaminhamos para clínicas de confiança também”, conta.

A voluntária Bruna Bruder ressalta que antes mesmo da adoção, os animais são castrados. “Quando adotados, a regra primordial é manter contato pelo WhatsApp e visitas nas casas para acompanhar se o bichinho está bem”, conta. A adoção tem critérios, a pessoa precisa realmente ter condições de proporcionar qualidade de vida e cuidados necessários ao animal adotado”, conta.

Todos os domingos, em frente à ATI do Parque do Ingá, é realizada uma feirinha de adoção das 9hàs 14h. Para a continuação deste sonho, é preciso de pessoas que estejam dispostos a ajudar com trabalho voluntário de ações espontâneas e que ame os animais. “Aceitamos as pessoas que querem ajudar, na verdade precisamos muito de ajuda nas feirinhas, nos transportes com doações de rações, medicamentos e principalmente com custo dos tratamentos”, afirma Bruna.

Para entrar em contato com a ong e conhecer e ajudar o trabalho, basta mandar uma mensagem instagram @ongamaar. “Podem nos fazer uma visita na feirinha, que acontece aos domingos na Praça do Bem Estar Animal, em frente ao Parque do Ingá. Será um prazer”, disse.

Adoção dos pets, é muito importante, além de ser um gesto nobre, é considerada a vida gestada no coração que nasce com força e emoção de uma paixão. Ela cresce com a serenidade do mais fundo sentimento, é amar sem medida, doar-se por completo. È reconhecer em outros olhos o brilho da própria alma.

Juntos somos mais fortes
André Sanseverino – Pets Sem Fronteiras e Ana Maldonado – Amaar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *