Vacinação em pets: qual a importância?

Muito se fala sobre animais domésticos e em como são importantes, tanto para o meio ambiente, quanto para o papel de afeto e carinho que exercem dentro de um lar. Porém, de acordo com a Diretoria de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Maringá, um assunto sobre animais que muitas vezes é negligenciado, é a vacinação, extremamente importante para a saúde do pet.

A vacina imuniza contra doenças infecciosas, garantindo a saúde do pet. Ela combate microorganismos maliciosos e previne que eles se proliferem no meio ambiente. Um exemplo é a raiva, que pode ser transmitida por morcegos. Há muitos casos de morcegos que infectam pets.

As principais vacinas para cães são as polivalentes v8 ou v10. Elas combatem diversas doenças, principalmente, a Parvovirose e a Cinomose. Estas doenças podem levar o animal à morte, principalmente, se ele não vacinado estiver ou com imunidade baixa. Para os gatos, as principais vacinas são a Tríplice ou a Quíntupla, que também combatem diversas doenças, entre elas a Calcivirose, que também pode levar à morte.

“A vacina ideal é aquela aplicada por um profissional habilitado. Ela contém vírus vivo modificado, e não vírus morto, já que este afeta gravemente o quadro imunológico do animal e induz pouca imunização. Deve ser aplicada em filhotes após os primeiros 45 dias de vida. São 3 doses e pode ser 1 a cada mês ou a cada 21 dias.

Depois desse período, anualmente, o animal já pode tomar as vacinas antirrábica e polivalente, sendo uma dose de cada. Elas valem tanto para cães, quanto para gatos. “Vale a pena lembrar que a Cinomose é um vírus fatal e extremamente agressivo aos animais, pois causa uma série de alterações no organismo como paresia (perda da motricidade), paralisia e encefalite”, complementa a  Veterinária Evandra Maria, inscrita no CRMV 3155.

Serviço

O Município de Maringá conta com uma Secretaria (Meio Ambiente e Bem-Estar Animal) e uma Diretoria (de Proteção e Bem-Estar Animal) focados e altamente capacitados para promover ações sobre a saúde e segurança dos pets. Por isso, se você tem alguma dúvida ou gostaria de ser voluntário da causa animal, entre em contato com a Diretoria pelo número (44) 3901-1885 e se informe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *