Meu cachorro late muito, o que pode ser?

O seu animal latir é normal, entretanto quando a frequência é intensa, é preciso prestar atenção em alguns sinais.

O latido é uma forma de expressão do animalzinho e faz parte do comportamento natural do cão, mas o latido também pode expressar alguns sintomas.

O excesso de latido pode significar um stress pelo que o animal está passando, talvez aumentar a frequência ou tempo de passeio, ou ainda brincar com ele para que ele possa se exercitar.

Uma outra opção pode ser que o animal esteja com desconforto físico, dor ou lesão. Se essa for a sua suspeita, procure levar no médico veterinário para ser examinado.

Os latidos podem ser um aviso de medo. Se algo assusta seu pet, ele vai latir para avisar, e o ideal é se aproximar até acalmá-lo

Como auxiliar para diminuir essa prática?

Como já dissemos os latidos fazem parte da característica do animal, mas se ocorre em excesso algumas dicas podem ajudar:

O primeiro passo é identificar o motivo dos latidos excessivos: é por fome, dor, medo stress ou solidão? Criar rotinas para comer, brincar, passear pode ajudar nesse ponto.

Gritar não ajuda nesses casos, pois os pets aprendem muito por observação. Quanto mais estímulo gerar por gritos, palmas ou similares, mais empolgado seu pet vai ficar e, por consequência, mais latidos. O ideal é falar de forma firme, mas ao mesmo tempo calma para que ele entenda o comando.

As recompensas ajudam muito. Espere seu pet parar de latir e ofereça um petisco. isso vai reforçar o comportamento bom do animal.

Existem ainda produtos para situações específicas como um colar ante estresse que aciona pontos de relaxamento, quando sabemos que uma situação vai causar incômodo: queima de fotos, passeatas e outros. Nestes casos, o colar auxilia o pet. Mais importante que isso, é deixar seu pet se expressar e ser muito feliz.

Por outro lado, caso você veja ou perceba que algum animal esteja passando por situações de maus-tratos ou abandono, faça a denúncia pela Ouvidoria Municipal da Prefeitura de Maringá, pelo telefone 156 ou de forma online, pelo site da Prefeitura: www.maringa.pr.gov.br. Outra opção é ligar para equipe de resgate da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, pelo telefone: 44-3901-1885 (segunda a sexta, das 8h às 17h). Maus-tratos é crime! Denuncie

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *